segunda-feira, 10 de julho de 2017

Uma alegria indescritível!


Era tarde, uma brisa agradável tomava conta de nós. Tínhamos passado muito tempo conversando, com troca de olhares, sorrisos e brincadeiras. O clima de tão descontraído estava muito envolvente. Uma espécie de amor e ternura nos impregnava. Tudo aconteceu no dia nove de julho de 2017!

Passava o tempo e em nossa casa continuava o encontro, sorrisos e um sentimento que não dá mesmo para ser descrito fielmente. Com um violão por perto, uma rede que balançava ao sabor do vento naquele terraço tão gostoso e acolhedor.

O dia parecia que estava marcado para acontecer algo de novo, imaginei. Conversa vai, conversa vem, acenos e trejeitos de lado a lado, uma atmosfera ingênua, emocionante e alegre. Até nos filmamos e fotografamos para registrar aqueles momentos mágicos.

E assim a tarde foi nos envolvendo, o sol cedendo suas forças para um pôr-do-sol magnífico naquele local. Eu não poderia saber o que nos aguardava... Mas as conversas não paravam! Vários momentos de abstração total, de descontração e alegria, tudo quase ao mesmo tempo!

E eis que tinha chegado o momento da grande experiência. Foi por total iniciativa minha. Seria para ela uma grande descoberta, um pequeno passo na vida que significaria certamente uma sequência magnífica para o amanhã. E tomei a grande decisão!  

De repente, quase do nada, decidi que minha netinha Bárbara, com apenas três meses de idade, iria tocar os pezinhos no chão pela primeira vez! Eu a segurei pelos braços e delicadamente a coloquei de forma a encontrar o piso de nossa casa, simplesmente isso!

E foi lindo ver a alegria dela ao sentir aquele friozinho gostoso, que descarregava suas energias para a terra. Era como se estivesse correndo. Pela sua expressão de felicidade ela andava igualmente a todos nós! Foram momentos intensos e guardarei para sempre o sorriso de felicidade de minha querida Bárbara. Uma verdadeira princesa que já aprendi a amar muito!

A felicidade pode ser encontrada sem que a esperemos!



Nenhum comentário:

Postar um comentário